Home Como funciona? O livro Duailibi&Simonsen Cases
PERGUNTAS PARA A MENTE CRIATIVA

“A mera formulação de um problema é mais importante que sua solução, a qual pode depender apenas de conhecimentos matemáticos ou experimentais. Levantar novas questões, novas possibilidades, trabalhar velhos problemas sob novos ângulos, isto sim exige imaginação criativa e assinala avanços reais no campo da ciência.” Albert Einstein A Régua Heurística é uma ferramenta que compõe combinações de perguntas que tem como meta ajudar pessoas criativas a encontrarem soluções para os mais diferentes elementos do seu negócio. Com a Régua Heurística, executivos de todas as áreas podem checar os elementos internos ou externos de seu negócio e chegar às respostas que melhoram o desempenho da empresa. Assim, a Régua Heurística é um poderoso instrumento para a Inteligência de Marketing da empresa — embora seu uso não seja limitado à Gerência de Marketing — promovendo o conhecimento das diferentes variáveis do negócio. Para saber mais sobre o papel da Inteligência de Marketing em sua empresa, e como isso pode otimizar seus lucros, leia o Capítulo I do livro “Criatividade&Marketing”.
 

Como FUNCIONA

Ao longo do livro Criatividade e Marketing, Duailibi & Simonsen explicam a importância das perguntas no processo criativo. Conhecer as variáveis do negócio e o mercado no qual ele se insere é o que produz a Inteligência de Marketing, as informações que podem dar origem às ideias criativas, a novos produtos ou serviços.

Por isso, a Régua Heurística tem como papel propor perguntas. Essas perguntas podem fazer sentido ou não, mas, em sua combinação de elementos, certamente proporão questionamentos úteis aos executivos de todas as áreas. Nesse exercício, o mais importante é deixar as perguntas ocorrerem livremente, sem qualquer crítica, para obtermos o maior número possível de alternativas.

Para iniciar, coloque seu aparelho na posição horizontal. Então, selecione o assunto ou o problema a respeito do qual se quer pensar (fatores internos ou controláveis ou fatores externos ou incontroláveis).

Selecione o item girando a régua.
Quando você escolher um fator interno, o centro da régua ficará azul. Quando escolher um fator externo, ficará verde.





O detalhamento é opcional e pode ser selecionado clicando no item desejado, ou ocultado, caso não opte por não utilizar.

A cada clique num item, a Régua Heurística digital formula automaticamente as perguntas.

Ao clicar na frase, o usuário poderá salva-la ou compartilhar nas redes sociais.

A configuração das redes e a autorização para publicação será feita na primeira vez que o usuário utilizar esse recurso.



Para gerar novas perguntas, selecione novos fatores ou altere as questões ou o detalhamento. Para acessar as perguntas já salvas, clique no ícone coração.


Em seguida, formula-se uma série de perguntas a respeito de cada item.
O exercício continua com as proposições técnicas elaboradas por Osborn.




Para saber como usar as perguntas para melhorar o desempenho do seu negócio ou conhecer exemplos de como a Criatividade é essencial para descobrir respostas inovadoras para as perguntas encontradas, leia o livro Criatividade&Marketing.


 

DUAILIBI&SIMONSEN


Roberto Duailibi

Roberto Duailibi foi sócio de uma das empresas mais criativas e premiadas do Brasil: a DPZ - Duailibi, Petit, Zaragoza Propaganda Ltda, hoje DPZ&T, do grupo Publicis. Sempre participou intensamente, como voluntário, de inúmeras instituições beneficentes e sociais. Duailibi pertenceu à área criativa de seu negócio, mas também teve importante atuação na área educacional: foi professor de Redação na Escola Superior de Propaganda e Marketing e na ECA - Escola de Comunicações e Artes da USP (Universidade de São Paulo).

Foi por duas vezes Presidente da ABAP - Associação Brasileira de Agências de Propaganda. É autor de inúmeros artigos e estudos sobre Comunicação. Duailibi é um dos conferencistas mais requisitados do país, falando em Associações, Universidades, Congressos e Empresas do mundo inteiro.

Além do livro "Criatividade & Marketing", em coautoria com Harry Simonsen Jr., é autor da série de livros PhraseBook - banco de frases para estimular a criatividade - e também de "Duailibi das Citações", uma coletânea de mais de 12 mil frases. Escreveu os livros “Cartas a um jovem publicitário” e “Duailibi Essencial” - coleção de 4.500 novas frases. É, ainda, autor do aplicativo “Duailibi das Citações”, disponível para celulares e tablets nos sistemas iOS e Android.

  
Harry Simonsen Jr.

Harry Simonsen Jr. era engenheiro civil pela Escola Politécnica da Universidade de São Paulo, possuía Master's Degree em Administração de Empresas pela Michigan State University e era pós-graduado pelo IMI em International Marketing na Graduate School of Business Administration da Universidade de Harvard.

Fundou a Simonsen Associados, uma das mais experientes empresas brasileiras nas áreas de marketing e planejamento estratégico.

A Simonsen Associados utiliza, com sucesso, o conhecimento de empresas e de mercados - no Brasil e no exterior - para identificar oportunidades que otimizem o lucro de seus clientes.

Foi conselheiro do Instituto de Engenharia de São Paulo, da Associação Comercial de São Paulo, do Instituto Roberto Simonsen da Federação das Indústrias de São Paulo; foi chairman do Comitê de Investimentos da Câmara Americana de Comércio, membro do Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia e das Câmaras de Comércio Brasileiras em Nova Iorque e Londres.
 
SOBRE O LIVRO
Totalmente revisado e atualizado incluindo a nova Régua Heurística Digital, está sendo lançado pela M.Books a nova edição dos 25 anos bestseller, CRIATIVIDADE & MARKETING, Roberto Duailibi e Harry Simonsen Jr. Em um tempo que o Marketing engatinhava e Criatividade não era ainda tema de livros nas áreas de Propaganda e Publicidade, no inicio da década de 1980, os autores Roberto Duailibi e Harry Simonsen Jr. lançaram o livro CRIATIVIDADE & MARKETING, incluindo a inédita Régua Heurística, que revolucionou o pensamento dos profissionais e estudantes de Marketing da época. Este livro mantém-se vivo desde então, através da publicação de novas edições periódicas, colecionando sucessos na área profissional e adoções na área acadêmica. Estamos lançando agora uma nova edição totalmente revisada e atualizada, incluindo a Régua Heurística Digital.


 

cases


Como percebemos no livro, o uso da Criatividade nas empresas é fundamental nos mais diversos setores. Não apenas para o executivo de Marketing, é fundamental conhecer todos os detalhes do seu negócio, para saber os diferenciais que seu produto precisa ter para alcançar públicos específicos. Toda empresa surge a partir de uma angústia, de um problema a ser resolvido por um produto ou serviço, como vimos no primeiro capítulo do livro. Encontrar essas questões e buscar a melhor forma de resolvê-las é a tarefa do profissional criativo, independentemente do setor em que trabalhe.

A seguir, listamos idéias e produtos que surgiram de empresas criativas. Sem dúvida, seus executivos usaram de diversas das estratégias mencionadas no livro para chegar a essas soluções. Fundamentalmente, eles partiram do conhecimento prévio do próprio negócio e das demandas de mercado para desenvolver novos serviços ou produtos, o que refletiu no sucesso alcançado. Se a sua empresa também aplicou com sucesso as propostas do livro e da Régua Heurística e obteve com isso soluções criativas, divulgue suas experiências!

Escreva-nos e relate como a sua empresa usa a Régua Heurística e as propostas do livro Criatividade & Marketing e os resultados obtidos. As experiências mais criativas que possam ser comprovadas serão publicadas no site.



O que faz do Cirque du Soleil um caso notável é que ele se transformou num negócio de grande crescimento, num setor decadente onde o potencial de crescimento era apontado como limitado por analistas em estratégias. A explicação pode ser encontrada na visionária competência criativa de seu criador, o canadense Guy Laliberté, que imaginou um circo centrado em temas diferentes, que não abusasse de animais e que fosse atrativo para um espectador adulto, mais sofisticado, que soubesse apreciar a arte e a beleza dos números exclusivos apresentados por seus artistas. É muito sintomático que um de seus primeiros espetáculos chamava-se: “Nós reinventamos o circo”. Hoje o Cirque du Soleil é a terceira maior empresa de exportação de serviços do Canadá, superou todos os concorrentes do planeta, inclusive aqueles que já estavam no mercado há mais de 100 anos.

  


Um projeto criativo inovador refere-se ao primeiro jato executivo apresentado pela Embraer – o Phenom 100. Um projeto que teve o ciclo criativo iniciado em 2003 com os primeiros estudos de mercado e prosseguiu ao longo dos últimos anos conduzido por sua área de inteligência de mercado responsável por captar tendência nas preferências de seus clientes potenciais. Assumindo riscos, a linha de jatos executivos da Embraer forçará a empresa a vencer seu novo desafio: vender para os clientes individuais, num mercado pulverizado.
O Phenom 100 oferecerá a mais volumosa cabine na categoria dos jatos muitos leves (very light jets). O espaçoso interior dos jatos, projetado pela BMW Group Designworks, uma das empresas mais inovadoras em design, tem confortáveis assentos e acabamento refinado, um lavatório privativo, amplos compartimentos de bagagem e um cockpit inteiramente representativo. Segundo pesquisa da Revista Business Week , cada vez que a BMW Group Designworks começa a desenvolver um novo projeto de carro, por exemplo, – os integrantes da equipe de desenvolvimento – entre 200 a 300 profissionais,de engenharia, design, produção, marketing, compras e finanças – são deslocados para o Research and Innovation Center, pelo tempo do desenvolvimento do projeto. Essa proximidade com a fábrica acelera a comunicação e encoraja as reuniões presenciais, evitando desgastes e conflitos quando o projeto estiver em seus estágios avançados.

Fonte:
http://www.businessweek.com/magazine/content/06_17/b3981401.htm